TIM espaço mulher

Menu

Maternidade

12 coisas sobre o recém-nascido que ninguém te conta

recém nascido
(Foto: Shutterstock)

Gravidinhas de primeira viagem certamente já estão lendo um monte de livros, revistas, blogs, sites e tudo mais sobre gravidez e filhos e tem certeza absoluta que, quando ele nascer, você vai estar mega preparada pra tudo e vai tirar de letra…

Bem… a verdade é que existem algumas coisinhas que ninguém conta, nem sua mãe, nem os livros e nem mesmo a melhor amiga. Não que queiram esconder coisas de você, é que, bem, algumas depois de um tempo a gente esquece (deve ser questão de sobrevivência), outras é melhor você descobrir sozinha… vai que, né?

Mas calma! Nada assustador. Muita coisa vai ser motivo de boas lembranças e boas risadas, garanto!

1 – O cordão umbilical pode ser meio “esquisito”

Se você é como eu, sem estômago para cuidados “medicinais”, vai se surpreender com 2 coisas: a primeira é que o cordão umbilical tem um aspecto mega esquisito! A gente nunca imagina que a gente pelo lado “avesso” é completamente diferente, sei lá, minha impressão! hehehe
A segunda coisa, é que como mãe, você simplesmente perde o nojo e adquire “estômago” para o que precisar: limpar machucados, cocôs, vômitos, aguentar puns e o que for preciso, desde que seja do seu bebê, que fique claro!
Para garantir que o cordão umbilical só tenho o aspecto “feioso” e caia logo, é preciso manter a higiene do local limpando sempre com cotonete e álcool 90% e mantendo seco para evitar infecções. Em no máximo 10 dias ele costuma cair e daí, você faz o que quiser, se quiser plantar num roseiral (como diz a lenda) fique à vontade, eu joguei no lixo mesmo, eca! hahahaha

umbigo recém nascido

(Foto: Shutterstock)

2 – Crise de acne!

Do nada, você repara que as bochechas, testa e nariz do bebê estão cheias de bolinhas que são muito parecidas com.. ACNE!!
Mas assim, em recém nascidos? Será possível?
Então, o corpinho do recém nascido ainda vai estar, pelo menos até quase 3 meses, expelindo os hormônios da mãe que passaram pra ele durante a gravidez por isso, é comum percebermos estas “espinhas” no rostinho dele.
É o que a sua mãe ou a sua vó provavelmente vão chamar de brotoeja!

3 – Ele está empipocado!

É comum encontrar bolinhas vermelhas no bebê, especialmente nas áreas de dobrinhas! Se você encontrar isso por aí, precisa descobrir qual o motivo das bolinhas, que podem variar dependendo da área do corpo afetada e do comportamento do bebê.
Se você encontrou bolinhas vermelhas nas dobrinhas (atrás do joelho, parte interior do cotovelo, pescoço e nuca) elas podem ser dermatite ou eczemas.
Pode ser que o elástico da fralda tenha causado isso, o contato da etiqueta com a pele do bebê ou mesmo, o contato com um tecido diferente, normalmente os sintéticos. O jeito é dar um banho, hidratar e excluir a peça da vida do bebê.
Claro que, estou falando aqui de bolinhas que aparecem sem nenhum outro sintoma como febre, falta de apetite e desânimo do bebê. Se você notar bolinhas que se espalham pelo corpo, causam febre ou irritação, procure o seu pediatra!

4 – Crostinhas esquisitas na cabeça!

O bebê pode nascer super cabeludo ou bem carequinha, não importa! De um jeito ou de outro, pode ser que você perceba, de repente, umas “crostinhas” esquisitas no couro cabeludo dele!
O nome disso é “crosta láctea” e ela acontece por causa de um acúmulo de gordura nas glândulas sebáceas do bebê. É normal, não é contagioso, não causa nenhum desconforto ao bebê e é passageiro.
Para lidar com isso, passe um algodão com algum tipo de óleo (pode ser o de amêndoas ou até mesmo o azeite) no couro cabeludo do bebê alguns minutos antes do banho, durante o banho, lave com shampoo e aproveite para passar um pente que vai te ajudar a “desgrudar” estas coisinhas dos cabelos do bebê.
Não puxe as crostas e não force o pente, lembre-se que nesta cabecinha está a moleira, super delicada, dos bebês!

5 – Unhas de Wolverine!

Parece incrível, eles já nascem com as unhas super compridas e por mais fininhas que sejam, eles conseguem se arranhar o tempo todo com elas!
A gente fica morrendo de medo de cortar as unhas minúsculas e acabar tirando junto um teco do dedo do bebê e, quando criamos coragem e cortamos, parece que quase instantaneamente elas crescem de novo!
Uma das explicações para o crescimento tão rápido das unhas do bebê, podem estar no fato de eles estarem recebendo muitas vitaminas provenientes do leite materno. Seja qual for a razão, é preciso ficar de olho para que eles não se machuquem e nem machuquem a gente com estas unhas pequenas!
Se você estiver com medo, aproveite a hora do cochilo do bebê para cortar as unhas dele, ele estará mais quietinho e o risco é menor, o “trim” também é mais prático do que a tesourinha!

unhas recém nascido

(Foto: Shutterstock)

6 – Cera de ouvido saindo pra fora!

Até parece falta de higiene mas, não é! Alguns recém nascidos têm uma produção meio “descontrolada” de cera de ouvido e daí, por mais que você esteja sempre atenta, pode acontecer de você ver a cera saindo dos ouvidos e ficando no travesseirinho ou nos lençóis do bebê.
Este “descontrole” da produção é natural dos ajustes que o recém corpinho está fazendo, também pode estar associado com possíveis irritações alérgicas mas, em um primeiro momento, apenas observe e converse com seu pediatra se você achar que é demais!
Lembre-se que para limpar, nunca deve-se colocar o cotonete dentro do ouvido do bebê! Isso pode empurrar a cera pra dentro e causar inflamações e dores horríveis! Limpe apenas o que estiver pra fora mesmo!

7 – Olhos mega remelentos!

Os olhinhos do Pedro estavam sempre com remelas pelos cantos até que, um dia, ele simplesmente não conseguia abrir os olhos por causa da remela grudada nos cílios!
Antes desde episódio, eu já havia conversado com o pediatra sobre este excesso de remela e ele havia me explicado que, era normal pois, o canal lacrimal dos olhos do bebê estavam terminando de se desenvolver e abrir e por isso, saia muita remela mesmo.
Ele me explicou que, o mais indicado era realizar a limpeza pela manhã usando algodão e soro fisiológico mas, atenção!
Se você percebe que além de soltar muita remela, os olhinhos do bebê também estão inchados e avermelhados, leve- o ao pediatra pois, pode ser sim algum tipo de infecção como Terçol, conjuntivite e etc.

8 – Cocôs alienígenas!

Um bebê tão lindo, tão fofinho, tão bonitinho e que faz um cocô esverdeado e grudento como piche??
Sim, o cocô das primeiras semanas pode sair assim mesmo, isto acontece porque ele está eliminando ainda tudo o que “engoliu” dentro da sua barriga e só depois, começa a vir um cocô só de leite materno, que também não é uma belezura, não! hahaha

9 – O pum mais fedido do universo!

Ainda sobre cocôs, você vai se surpreender em como o pum do seu filho tão lindo pode ser tão, mas tão fedido!
Pensa comigo: ele só toma leite materno, leite, que entra em seu estômago e é imediatamente catalizado, enzimado, atacado por suco gástrico e depois, eliminado com o que “não servia” para aquele pequeno corpinho mas antes, ele fica um pouquinho lá dentro, tipo “azedando” (ou quase isso) e daí, quando sai um pum, só podia ser fedido mesmo, né? hahaha

10 – Ele pode ficar muito mal humorado!

Daí, você já está com ele há 10 dias e, apesar da falta de sono, da complicação com as primeiras tentativas de amamentar e tudo mais, você já está se ambientando com sua nova rotina, você e o bebê já se conhecem e está tudo indo bem quando, de repente… Ele começa a chorar sem você entender porque, ele para de dormir a noite toda, ele diminui o tempo de mamada, ou aumenta, ou quer mamar o tempo todo!
Calma, respira e saiba que, os recém nascidos passam por estirões de crescimento que acontecem aos 10 dias de vida, 3 semanas de vida, 6 semanas de vida, 3 meses e 6 meses.
Nestes períodos, o cérebro do bebê está focado em descobrir coisas novas como: levantar e sustentar a própria cabeça, aprender a rolar, a sentar, a pegar o pé, a enxergar com foco, reconhecer sons e cores e mais um monte de coisas que exigem demais dele! Portanto, é normal que ele fique meio irritado, que sofra alterações na rotina do sono, que queira estar mais tempo mamando ou aconchegado no colinho da mamãe! Vai passar!

11 – Careca, moicano, franciscano…

Se ele nasceu carequinha, você quase não vai notar as alterações em seu “estilo” capilar mas, se ele nasceu cabeludo, você vai se surpreender em como os cabelinhos vão cair (parecendo que um gato trocou pêlos no travesseiro dele) e deixar penteados mega esquisitos e engraçados em seu lugar!

recem nascido

(Foto: Shutterstock)

12 – É muito amor!

Você vai se surpreender com quanto amor cabe dentro do seu coração! Na verdade, você nunca imaginaria que amor pudesse doer, que pudesse ter a sensação de quase explodir de tanta paixão por este pequeno ser que, apesar de ser careca, babão, banguela, soltar os puns mais fedidos do universo e mais um monte de coisas esquisitas, simplesmente roubou o seu coração e com um simples sorrisinho, faz você esquecer qualquer cansaço, nojinho ou tristeza!

Ser mãe é isso aí, a aventura mais louca e deliciosa que você vai fazer na sua vida! Vai por mim!

TIM espaço mulher

Insira o número do PINCODE

· Serviço exclusivo para clientes TIM

· Receba dicas que toda mulher precisa saber!