TIM espaço mulher

Menu

Amor e Sexo Família

Como falar sobre sexo com os filhos? Dicas de uma sexóloga top!

conversa mãe e filha
(Foto: Shutterstock)

Para muitos pais e mães, esse é um assunto tão delicado que acaba sendo evitado. Mas, na verdade, essa não é uma boa saída.

Pense que a maneira como você trata essa questão será a maneira como seus filhos vão tratá-la no futuro. Se eles veem quevocê tem vergonha de falar sobre o assunto, é provável que depois eles vão ter vergonha de perguntar ou vão achar que o sexo é embaraçoso.

Falar sobre sexo não leva o seu filho a praticá-lo mais cedo, nem nada nesse estilo, isso é um mito. Falar sobre o tema também não vai deixar seu filho mais precoce. Na verdade, com informações, é mais provável que ele adie a relação sexual até se sentir mais seguro. Conversar sobre sexo e sexualidade te dará a oportunidade de compartilhar seus valores e crenças com seus filhos.

Veja essas dicas da sexóloga Cátia Damasceno, criadora do projeto Mulheres Bem Resolvidas:

Comece desde cedo

Como falar sobre sexo com os filhos? Comece a falar sobre sexualidade com seu filho desde pequeno! Assim, ele irá se acostumando a compartilhar informações com você e expressar suas opiniões. Será mais fácil para você seguir falando à medida que ele for crescendo. Se você nunca tentou falar com o seu filho sobre o tema, lembre-se de que nunca é tarde para começar a falar sobre sexo.

Fale com sinceridade, mas apenas o necessário

Não é necessário um discurso. Primeiro, investigue o que seu filho já sabe. Deixe que ele guie a conversação e faça as perguntas. É possível que algumas crianças não peçam informações se perceberem que você se sente incomodada com o tema. Outras podem fazer o contrário e fazer perguntas embaraçosas, só para constranger. O segredo é falar abertamente com eles e deixar que eles saibam que podem fazer perguntas incômodas.

 

(Foto: Shutterstock)

Faça com descrição

Como falar sobre sexo com os filhos exige habilidade. Não force o seu filho a falar sobre sexo quando ele não quer e muito menos diante de outras pessoas. Procure os momentos em que vocês estiverem sozinhos para conversar sobre o tema e veja se ele está disposto a falar com você.

Atenção especial aos adolescentes

Na adolescência, o objeto de desejo passa a ser focado no corpo do outro. Nessa fase, seu filho já terá consciência de sua identidade sexual e vai começar a procurar formas de satisfazer suas necessidades. É normal os filhos se desvincularem dos pais para buscar novas referências. Você deve ter um diálogo aberto, mas sem ser invasivo no sentido de orientar. Não o sufoque, pois ele precisa de espaço, mas também não o mime em demasia. É necessário saber medir para chegar a um equilíbrio.

Nessa fase, eles devem conhecer e compreender as relações entre pessoas do mesmo sexo e devem saber que a identidade sexual é composta por orientação sexual, identidade de gênero e sexo biológico. Explique que eles devem assumir a responsabilidade por suas decisões e que eles precisam equilibrar a independência com responsabilidade.

(Foto: Shutterstock)

Sexo seguro

Destaque a importância do sexo seguro. Diga ao seu filho que a segurança é a sua principal preocupação. Explique que as doenças sexualmente transmissíveis podem ser contraídas com muita facilidade, a menos que os parceiros sexuais tomem as precauções adequadas. Fale sobre o uso de anticoncepcionais e como evitar uma gravidez não planejada.

 

O TIM Espaço Mulher traz todos os dias o melhor conteúdo para você se manter informada. Aqui, falamos sobre moda, beleza, amor, sexo, culinária, saúde e tudo o que passa na cabeça das mulheres.

TIM espaço mulher

Insira o número do PINCODE

· Serviço exclusivo para clientes TIM

· Receba dicas que toda mulher precisa saber!