TIM espaço mulher

Bye, bye, gula! 5 dicas para driblar a fome emocional

gula
Publicado em fevereiro 21, 2017 pela Redação

Você come mesmo sem sentir fome? Você come em situações de stress ou ansiedade? Faça uma autoanálise, você vai perceber que é mais comum do que imagina.
A fome emocional é uma das maneiras mais comuns de lidar com as nossas emoções, sejam elas positivas ou negativas. Quando comemos para combater uma emoção negativa, como tristeza, stress, medo ou raiva, a comida se torna uma forma perigosa de aprovação, levando ao rápido ganho de peso que é difícil de parar. Um estudo recente mostrou que 43% dos americanos gerenciam seu stress com comida!

“Já está comprovado cientificamente que a perda de peso não está somente relacionada com dieta e atividade física, mas fortemente influenciada pelo componente emocional.”

Portanto, você precisa incorporar em seu plano, ações para lidar com este componente psicológico, que muitas vezes passa despercebido.

Separei 5 dicas para lidar com a fome emocional e focar na sua reeducação alimentar:

1 - Durma bem! Uma noite de sono tranquila diminui o desejo por comidas calóricas no dia seguinte. Atenção para o fato de que comer gorduras e carboidratos à noite diminui a eficácia do sono.

2 - Aceite que você tem desejo por comidas calóricas! É natural sentir essa vontade, já que você está mudando seus hábitos. Comer menos e perder peso faz com que o cérebro aumente seu desejo por comidas calóricas, a ciência já comprovou isto, não se sinta derrotado por perceber que você quer escapar da dieta. A aceitação dos desejos por comidas calóricas enfraquece sua força, espere 5 minutos antes de comer algo calórico, geralmente a sensação de urgência passa.

3-  Entenda a diferença entre fome física e emocional! Aprenda a reconhecer os sentimentos que estão detrás da vontade súbita de comer, gerencie seu stress, reconheça situações de pressão e treine-se para enfrentá-las.

4 - Coma com consciência! Alimentar-se vendo TV ou de olho no celular faz com que seu cérebro não “processe” que você comeu, podendo aumentar sua necessidade de comer.

5 - Comemore suas pequenas vitórias! Nossa rotina agitada nos impulsiona sempre adiante sem parar para perceber nossos progressos e acabamos desenvolvendo a tendência a não valorizá-los. Abandone o carrasco interno que lhe penaliza pelos pequenos deslizes e decida reconhecer seus avanços.

Timespacomulher-Assinatura-DrRenatoZilli

ÚLTIMAS NOTAS

Insira o número do PINCODE

· Serviço exclusivo para clientes TIM

· Receba dicas que toda mulher precisa saber!