TIM espaço mulher

Meu filho vai para a escolinha! E agora??

criança na escola
Publicado em março 3, 2017 pela Redação

Em meu consultório uma das questões mais comuns é: meu filho vai começar a escolinha, e agora? É verdade que ele vai ficar mais doente?

Para responder isso devemos analisar vários fatores. Então vamos lá:

Idade
Quanto mais novo o bebê, maior a possibilidade de infecções. Crianças menores de 2 anos ainda não tiveram um buster (aumento) imune, sendo assim, são bem mais suscetíveis a infecções. Então de certa forma, é verdade.
Se não tiver jeito e você tiver que mandá-lo para escolinha antes dessa idade, o que você pode fazer é manter as vacinas em dia e, se possível, procurar manter a amamentação até pelo menos um ano de vida. A amamentação causa aumento das imunoglobulinas, o que melhora a imunidade.
Garantir uma boa alimentação também pode contribuir para melhorar o sistema imune; dê também as vitaminas que seu médico orientar – dar mais vitaminas não vai melhorar o sistema imune, mas a falta delas pode piorar.

Número de crianças
Escolas maiores, com mais crianças, aumentam o número de contatos, o que no final acarreta mais doenças.
Então, se você puder, escolha uma escola pequena, limpa e com menos crianças, onde o ambiente seja o mais parecido possível com o familiar. Sabe aquelas escolinhas que lembram o quintal da casa da vovó?

Limpeza e organização
Cada um tem o seu! Se as chupetas, os paninhos, as roupinhas ou qualquer outro objeto são trocados, aumentamos a troca de bactérias e vírus o que também causa infecção. Por isso, o ideal é se certificar que a escola separa os objetos de cada criança e manda diariamente para casa a malinha para que a higiene seja feita pelos pais.

Vacinação
Crianças bem vacinadas pegam menos infecções! Portanto, proteja seu filho mantendo a carteirinha sempre em dia! Escolas boas e confiáveis sempre exigem uma cópia da carteirinha na hora da matrícula, então, essa também é uma garantia para você de que outras crianças estão vacinadas.

Para resumir 
Sim seu filho pode ficar mais doentinho, sim. Mas isso é normal, é um sintoma do crescimento. Se ele é imunoligicamente saudável fique tranquila, tudo vai acabar bem.

Timespacomulher-Assinatura-DrNelsonDouglasEjzenbaum

ÚLTIMAS NOTAS

Insira o número do PINCODE

· Serviço exclusivo para clientes TIM

· Receba dicas que toda mulher precisa saber!